Teu olhar


Amo em seu olhar, essas pupilas tão sérias,
nostálgicas, sedutoras de tudo que fitam,
espalham lampejos de luz e encantos,
que entram em minh'alma e ali ficam

Pupilas pensativas, sempre a espelhar,
paisagens misteriosas, quase impenetráveis,
lembranças singelas, também a vagar,
sim, há nelas, muitas marcas de saudade



N. Marilda



2 comentários:

  1. Lindo olhar que te inspirou! beijos,chica

    ResponderExcluir
  2. Olhares profundos são irresistiveis! Muito linda sua poesia,Marilda! bjs,

    ResponderExcluir