Rastros

Sigo o rastro de estrelas
que pela imensidão me atraem,
minhas retinas nelas tentam decifrar
um pouco da eternidade
entre elas tenho uma,só minha,
onde repouso o coração
enquanto sonho feliz,
ali é um canto secreto
posso rir e chorar,
cantar e gritar desafinando
que ninguém irá ouvir,
ali é uma catedral,um palco vazio,
onde espero algo mais,
sem promessas,bem real,
que sei,um dia,a mim irá chegar
                                         N.Marilda

2 comentários:

  1. Linda esperança! beijos,ótima semana,chica

    ResponderExcluir
  2. Bom dia! Olhar as estrelas, sonhar... nada mais poético!

    ResponderExcluir